Ilustração por

Sobre contos e pespontos

Entre um conto e outro, alguns pespontos. Preciso dos pespontos para manter o principal equilibrado e firme. Preciso todo o tempo... Aprendi a pespontar quando a minha mãe me ensinou a fazer flores. Não, não se aprende a pespontar quando se faz flores. Essas apenas me lembram a minha mãe que me ensinou a pespontar os arranjos que a vida nos dá.



sábado, 25 de dezembro de 2010

SINE DIE



(desconheço o autor da fotografia)


Caros leitores,

Este Blog só poderá ser encontrado até aqui, temporariamente.

Aos amigos que sei que se preocupam, quero dizer que estou bem. Não estou cansada daqui, nem doente, nem triste, nem deprimida, nem sem tempo, nem sem computador e  nem com ele "dando pau", nem sem inspiração, nem sem vontade de escrever. Vocês merecem a minha satisfação, por isso estou aqui. Decidi fechar a casa, apenas isso.

O Blog ficará fechado sem previsão de volta, mas eu continuarei visitando os amigos, lendo textos, divertindo-me, chorando e sentindo junto.

Suzana/LILY



Nota: mesma publicação, na mesma data, em O Medo De Suzana.


50 comentários:

  1. Tudo bem Lilly!
    Quando for a hora certa, você volta.

    Beijo.
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  2. Suzana, em primeiro lugar fico muito grato pelo "convite linkado", sinto-me privilegiado. Ainda mais por seres um excelente escritora. E, é claro, como todos teus amigos, estarei esperando por tua escrita quando decidires regressar ao blogger. Ordinariamente falando, "achei uma coisa uma legal isso de nos encontramos em casas alheias... Muito legal mesmo". Grande abraço, Jacson.

    ResponderExcluir
  3. Puxa...mas...

    Seu desejo é um ordem, minha linda!E o tempo é todo seu!

    Já sentindo saudades....

    beijos com meu amor,

    Bia

    ResponderExcluir
  4. Volta logo, linda! Beijos natalinos!

    ResponderExcluir
  5. Que encontres nesse tempo de pausa, mais coisas belas para nos contares, sem ti isto fica um pouco mais vazio...

    Espero que voltes outro dia.
    Beijo

    ResponderExcluir
  6. Só posso dizer que você continuará sempre presente...
    Como disse o Jackson: "Nos encontraremos em casas alheias"
    Mas isso até o dia em que retorne e abra novamente à sua casa para nos receber lindamente como você sabe fazer, e bem.

    bjos

    ResponderExcluir
  7. Oi Suzana...
    Bem, em primeiro lugar decisão tomada é decisão respeitada, entretanto te digo que sentirei sua falta, de suas palavras, de seus textos bonitos e inteligentes e de sua essência. Sei que é temporário, assim, vou aproveitar para passear pelo blog com calma e ler o que ainda não consegui.Espero que volte logo, pois saiba que assim como eu, com certeza muitos estarão te esperando.Mas em contrapartida um tempo é sempre importante na vida, assim,independente do motivo ou sem motivo aproveite cada minuto.
    Beijos já com saudades...

    ResponderExcluir
  8. "No meu entendimento, SINE DIE, em Irlandês significa "morre mais", e em norueguês significa "sua morte", mas não sei o que você quer dizer com isso, ou se eu estou errado.
    Preocupante....... "

    Alex,

    Obrigada por enviar-me tal preocupação... SINE DIE, aqui, em minha nota aos leitores e amigos, significa "sem data", isto é, voltarei sem data marcada. Expressão em Latim, muito usada no mundo jurídico.

    ResponderExcluir
  9. Minha amiga saiba que vc e especial pra todos nois que seguimos suas letras y acompanhamos seus sentires.... pero o mais importante e seu sentir sempre ... saiba que estaremos aguardando sempre seu retorno .... y mais uma coisa eu como amigo seu ... saiba que mientras eu veja a vc feliz eu serei feliz minha amiga...

    saludos
    otima semana
    saludos de coracao...

    Feliz Ano Novo 2011 minha amiga....de coracao que tudos seus sonhos sejam realicados y seus planos projetos y cada un de seus desejos se cumplan amiga ....Feliz 2011

    ResponderExcluir
  10. Quando é que voltas? hein? ;)

    Feliz ano novo

    ResponderExcluir
  11. é bom fechar a casa e sair por ai a visitar...
    saudades

    ResponderExcluir
  12. Poxa, cheguei atrasada? Que pena...
    Pelo menos ainda há muito o que ler por aqui.

    ResponderExcluir
  13. Lily,
    Nos tempos de paragem ganhamos força para avançar... é sempre um prazer passar por aqui. Vou sentir falta, mas voltaremos a encontrar-nos. Obrigada pelas suas palavras no Blogic@ndo.
    Gostaria de comentar mais vezes aquilo que vou lendo mas, como você disse, o tempo é egoísta e quando dá a alguém rouba a outrem.
    Vamos nos vendo por esses blogs do mundo!
    Um abraço e aguardo o seu regresso.

    ResponderExcluir
  14. Simplesmente Lily...

    Deixei no meu blog uma poesia para você, não postei aqui, pois fiquei indecisa.
    Beijos e espero que goste, é de coração...

    ResponderExcluir
  15. Vocês me emocionam...

    Acabo de receber mais um presente (além destes comentários lindos que ando recebendo):

    http://neiafelippe.blogspot.com/2010/12/simplesmente-lily.html#comments

    Esse é o endereço, ele está "linkado" à direita. A Néia, do PALAVRIANDO, me fez falar...

    Beijos a todos! Eu adoro vocês!

    ResponderExcluir
  16. Suzana. Minha AMIGA Suzana.

    Feche a casa, reabra, se dê um tempo, volte, faça tudo que tem direito e tudo que seu coração mandar.
    Quem É amigo da gente, e entende nossos momentos, só pode te dizer: Faça.
    Inimaginável você saber a minha reação quando li o que você me escreveu.
    Suzana, também não me pergunte de onde vem esse bem querer, esse gostar, esse amar um amigo que a gente nunca viu, nunca tocou.
    Eu tenho plena certeza que é de DEUS.
    A gente sofre as vezes, rala, surta, cai, ai a gente sobe, levanta, se alinha, se reconstrói, e Deus esta ali o tempo todo do lado da gente, incentivando, incentivando, incansávelmente incentivando.
    Quando ele talvez não possa estar, ele manda sempre uma pessoa no lugar dele pra acalmar, colorir, devolver o riso perdido pra gente.
    Em muitos momentos que ele não pode estar comigo, você esteve. Coisas dele, sabia?
    Quantos emails na hora certa, quantas palavras que eu precisava ouvir...só Deus sabe, e quando essas coisas aconteceram comigo, eu sei que ele sorria. Missão cumprida.
    Su, eu sou uma pessoa tão complexa, se gosto eu gosto, se não gosto, não gosto, e assim segue essa Sil leonina, feliz de rir até a barriga doer, que sofre, mas que canta logo pra subir, porque tristeza não combina comigo.
    Mas você menina, porque eu te vejo menina...foi um presente enviado pelo cara lá em cima. Com você, eu sou tão eu, e escrevo até sobre as coisas banais da minha vida, porque me sinto próxima. Como se eu estivesse te contando as coisas do seu lado (Já te disse isso).
    Não é coleguismo Suzana. É amizade, é bem querer demais, é adorar, é rezar, é torcer pra ver sempre esse sorriso de luz no seu rosto.
    Você esta em mim. A cada dia. Mesmo nos seus tempos de reclusão, isso pra mim é nada, porque eu converso com você aqui dentro do meu coração.Guardada a 7 chaves como canta Milton.
    Feliz ano novo Su, feliz sorriso novo, feliz vida nova, dias novos.
    Obrigada por ser a Suzana presente na minha vida. Obrigada pela amizade, por me deixar compartilhar.
    E eu gosto de ti. EU GOSTO DE TI, EU GOSTO DE TI, EU GOSTO DE TI MIL VEZES.
    Não esquece disso.

    Te beijo, te abraço forte, forte.

    Sua amiga. De vidas, e vidas. ♥

    ResponderExcluir
  17. Querida,
    Dos belos encontros que fiz esse ano, no mundo virtual, você é um deles. São doces e delicados o seu sentir. Feliz 2011 para você.
    Um beijo, com carinho.
    Denise

    ResponderExcluir
  18. Espero seu retorno.
    Olá!!
    “Em 2011 seja feliz nos seus sonhos e tenha a felicidade de buscá-los...
    Seja feliz nos seus projetos e tenha a felicidade de realizá-los...
    Seja feliz nos seus desejos e tenha a felicidade de concretizá-los...
    Seja feliz nos seus sucessos e tenha a felicidade de obtê-los...
    Seja feliz sempre, em todos os momentos...”
    Obrigada pela sua atenção, carinho e respeito. Estamos juntos em 2011. Felicidade sempre!! Beijooos!!

    ResponderExcluir
  19. FELIZ 2011 PARA VC E OS SEUS!!!
    TUDO DE BOM E BEM!!!
    BJS FRATERNOS E MUI SAUDOSOS...

    Confesso tb não gostar dessas festas de fim de ano...

    SINE DIE= sem data marcada para retorno (usamos tb na Literatura - estudamos no curso de Letras)

    Lily, CARPE DIEM... CARPE VITAE!!!

    Muita PAZ, AMOR, FELICIDADE, HARMONIA, ENCONTROS, SONHOS E REALIZAÇOES.

    Permita-me... um forte e carinhoso abraço. bjss

    ResponderExcluir
  20. Suzana, minha querida,
    Estou sentindo muito sua falta e, confesso, tive dificuldade de escrever algo aqui.
    Você já faz parte da minha vida.
    Vir aqui e no omedodesuzana faz parte da minha rotina prazerosa. Aliás, rotina pra mim é algo prazeroso.
    Mas entendo e respeito você, sua decisão, sua necessidade. Só digo isso para lhe mostrar que é querida, o quanto é querida por mim.
    Espero que esteja tudo em paz com você e os seus e que assim permaneça ao longo de 2011. Que tenham muita saúde, amor, alegrias e sucesso no ano que chega, minha amiga querida!
    Beijo carinhoso!!!

    ResponderExcluir
  21. Lily,
    O que dizer sobre você?
    Eu digo que valeu, ter te conhecido neste quase final de 2010.
    Você é uma flor rara.
    O pequeno prinicpe tinha sua rosa.
    Nós temos sua amizade.
    Que o ano que inicia seja de plenitudes

    Beijo.
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  22. Suzy/Lily: Não vas embora porque fazes falta a gente como vamos fazer sem ti e sem fazer os nossos comentários nem que sejam toscos. Que o novo ano traga tudo de bom para ti e familia.
    Beijos
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  23. Suzana Feliz Ano Novo

    De regresso e já vejo esta bela imagem...
    Olha este ano prometi, hein
    Ela já diz tudo
    É o caminho que se segui
    Em frente tem um futuro que se uni ao horizonte
    Logo ali... na curva da estrada.

    Su... se ficar olhando bem ao ponto de fuga da estrada tenho a nítida impressão de estar em movimento. 3D

    Bem com relação a notinha deixada pela necessidade de ficar em silencio só cabe a mim esperar-te, mesmo que não espere sentada mas em ação, pois vais fazer imensa falta.

    Bjinhos e dias cheios de verdes aromatizados de céus azuis e de noites estreladas e uma brisa que te acaricie a cada golpe que levares ao chão no jiu jitsu e outra mão estendida pra erguer – ti.
    Felicidades querida Suzana a vc e todos que te são importantes.

    ResponderExcluir
  24. Entendo e respeito. E vou torcer para que seja, de fato, uma fase.

    Um ótimo ano, querida, e um beijo meu.

    ℓυηα

    ResponderExcluir
  25. Queridos,

    Lembram-se de quando escrevi sobre a louca em cima do muro? No texto "Sobre ser insubstituível ou não", eu disse que, ou pulava para dentro ou eu ganhava a rua, eu disse que não gostava de ficar em cima do muro. É isso: preferi ganhar a rua.

    Obrigada por todo o carinho. Voltarei assim que nada puder encontrar na rua, assim que aquilo lá se der por terminado por mim e não ficarei mais indo e vindo (canseira isso!).

    Beijos a todos!

    Suzana/LILY

    ResponderExcluir
  26. Fada Su

    Ganhe as ruas
    Dobre as esquinas
    Atravesse a calçada
    Pois caminhar sempre na mesma cansa
    Mas quando ao meio da rua se aproximar de um poça d’água, pule dentro dela e olho ligeiramente ao céu e agradeça e saia do meio da rua rapidamente pois pode um cidadão distraído te perguntar pra que lado fica o Museu e vc vai dar uma bela risada na cara do sujeito pois vai achar uma piada ele querer ver o passado com tanto ainda pra ver hj, e por um impulso vc pode pega-lo pela mão e dizer “ vem eu te mostro” e numa disparada leva-o correndo pelas calçadas e já mostrando em passo acelerado todas as coisas que vc já viu e freqüentou e provou... e as horas se passando e o cara já nem mais preocupado com o lado que desejara tomar lhe olha com um ar de espanto e afeto deixa-se levar. A noite chega e só ai então vc deixa ele enfrente ao Museu e com este sorriso lhe diz “pronto cá esta o sitio que procuravas”
    Mas ai ele te pergunta pq vc fez tudo isso se era só ele atravessar a rua que o Museu era do outro lado.
    E vc responde
    “ sim era, mas tive medo que vc não percebesse aquele sorriso do garçons que nós atendeu me chamando pelo nome, Lembra?! querendo saber se queria o de sempre ou algo novo pra mostrar pro novo convidado e tbm ver aquela garota que dança no parque sobre patins enquanto seu irmão brinca com sua pipa toda colorida, e aquela hora que vc pediu-me pra ver se tinha entrado algo no seu olho quando caminhávamos no píer vendo os Atoba na proa dos barcos ancorados. Bem e a bola de sorvete que caiu sobre seu tênis quando foi lamber e tivemos que ficar de pés descalço por uns instantes já aproveitando pra caminhar sobre a grama, claro fiz questão de acompanhar este momento pois não resisto há pisar em uma grama verdinha e sentir elas tocando a sola de meus pés, bem percebi que sua meia estava furada mas tudo bem a minha tbm não é nova.
    Bom eu sabia que o museu estava ali, mas sabia que pra a existência dele era necessário acontecer o agora pra deixar a marca de um acontecimento e só fiz vc fazer parte de um passado pro futuro.
    Bem então agora va lá, pois as 20hs eles fecham as portas e já são19hs.
    Hei...Grata por fazer parte desta historia futura.”

    Bem e lá vai vc Suzana, com seu kimono amarrado pela faixa marrom.
    Tudo bem, a gente espera e estou ali na próxima esquina tomando um café e comendo um pão de queijo...
    Te já
    Jinhos

    ResponderExcluir
  27. Maga Ana,

    Passei aqui só porque meu laptop ficou mal desligado... tenho uma hora para fazer mil coisas e um pouco mais tarde ir me atirar naquele tatame (no passo pequeno que estou, isso de faixa marrom vai demorar nossa eternidade).

    Depois de devidamente amassada por lá, voltarei, esse conto merece um comentário caprichado...

    Beijos, bruxinha do bem! Adoro você!

    ResponderExcluir
  28. Pequeno Buda ~j~

    Não importa o tamanho do passo
    Mas o movimento preciso
    E disciplina
    Disciplina
    Disciplina
    Chi -j-
    Beju HA

    ResponderExcluir
  29. Saudadeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeee!!!

    Sempre contigo no coração Su!!

    Beijoooooooooo!

    ResponderExcluir
  30. Suzana/Lily, você é mais que uma, mais que duas, é tantas quantas as razões para admirar o que escreve e, se escreve, é porque sente, transpira, aspira, é assim.
    Volte quando for o tempo certo, porque, de verdade, você jamais se foi, tamanha a força de seus textos, que distraem o tempo e confundem nossa memória, que se abraça àquelas tantas estrelas, disfarçadas de letras, num céu sem tamanho de possibilidades.
    Abraço meu e afetuoso.

    ResponderExcluir
  31. A todos, meu carinho e meu pedido de desculpas. Eu não deveria fazer isso com vocês, mas me arrisco e faço, esperando sempre compreensão. Prometo que serei diferente quando eu voltar a escrever... nem isso faço mais!

    ResponderExcluir
  32. Ana,

    Comentando teu comentário/conto para mim:

    "Menina do anel de lua e estrela
    Raios de sol no céu da cidade
    Brilho da lua oh oh oh, noite é bem tarde
    Penso em você, fico com saudade

    Manhã chegando
    Luzes morrendo, nesse espelho
    Que é nossa cidade
    Quem é você, oh oh oh qual o seu nome
    Conta pra mim, diz como eu te encontro
    Mas deixa o destino, deixe ao acaso
    Quem sabe eu te encontro
    De noite no Baixo
    Brilho da lua oh oh oh, noite é bem tarde
    Penso em você, fico com saudade"

    "Lua e Estrela", Caetano Veloso

    ResponderExcluir
  33. Mesmo não recebdno minha atualizações ( ainda não sei por que!) aguardo então tua visita, que me é preciosa!
    Volte logo!
    bjossssssss

    ResponderExcluir
  34. Pena apesar da distância geográfica e termos lidos uns aos outros só virtualmente. fico sentido por isso. Espero que releve e mantenha o espaço alegrando e ou entristecendo a todos com seus contos e escritos, que são de prima.
    Aguardamos em breve o retorno de Contos de Lily
    Abraço

    ResponderExcluir
  35. Ah, minha querida
    que saudade dos seus encantos.
    que saudade da sua beleza.
    que saudade do seu mundo.
    que saudade de ti.
    ah, minha querida a minha alma anda tanto perguntando pela a sua, vamos deixa-las conversar?
    vamos contar segredos, rir um pouco, vamos passear.
    onde você quer ir primeiro? eu quero te encontrar.

    Su!Lily!
    não somem de mim.

    ResponderExcluir
  36. Que estejas bem e saibas que faz falta.
    Beijossssssssss

    ResponderExcluir
  37. É Lily mudei,
    A menina está crescendo mesmo!
    Também estou com saudades de ti, aliás você é inesquecível e sabe por que?
    Porque a amizade tem dessas coisas, agente gosta e pronto.Foi assim que comecei a te gostar de imediato.

    Beijo.
    Fernanda.

    ResponderExcluir
  38. Saudade, Su, dessa sua energia!
    Bjssssssssssss

    ResponderExcluir
  39. Sinta tanto, tanto tua falta..
    Cadê aquele pontinho essencial piscando no meu mundinho?
    Beijo Flor

    ResponderExcluir
  40. A Suzana Martins convidou-me, dias atrás, para escrever uma carta a ser postada no dia 28 de janeiro, no Blog "carta sem selo". Convite irrecusável esse! Amo cartas, já escrevi a respeito.

    Pois bem, estou providenciando a encomenda. Espero vocês, meus queridos, aqui, no dia 28 de janeiro.

    Beijos,

    Suzana/LILY

    ResponderExcluir
  41. Ah! A música do Jota Quest que está tocando... uma homenagem de mim mesma, de hoje, para mim, de tanto tempo atrás. Saudades daqueles tempos, um belo horizonte, meu carro subindo e descendo morros, gutierrez, prado, santo agostinho, savassi, serra, centro. Uma dor, duas dores, três dores, quantas dores forem, quantas necessárias para a lembrança, quantas para guardar, quantas para desejar esquecer. Um sonho, dois, três, todos perdidos.

    Dia 20/01... dois anos na América e isso não é exílio, é vida nova, mas é muito nova e eu muito velha, cheia de histórias. É vida nova, então, vida sem passado, sem rostos que um dia conheci e tentaria lembrar-me de onde, sem ex qualquer coisa. Sem esquina, sem bar, sem bairro onde fiz amor ou desamor, onde vaguei perdida ou totalmente encontrada, sem álbum de fotografia.

    ResponderExcluir
  42. Isso não é ficção, caiu aqui por acaso, não planejei, aconteceu.

    ResponderExcluir
  43. Eu amo o texto do seu perfil!

    Pena que fechou a casa, mas sempre é bom se renovar, ou fechar um ciclo, e o outro blog continua?... vou lá ver!
    Bejus!

    ResponderExcluir
  44. Não se admire se um dia
    Um beija-flôr invadir
    A porta da tua casa
    Te der um beijo e partir...

    Fui eu que mandei o beijo
    Que é prá matar meu desejo
    Faz tempo que não lhe vejo
    Ah! que saudade d'ocê...

    Ah! que saudade d'ocê...
    He! He! He! He! He! He!

    Voce faz falta na Blogosfera!!!
    bjossss

    ResponderExcluir
  45. .

    Eu vou lá, tu me mandas para cá e
    se cá estou, tu me remetes para lá.
    Por que tantos pontos, pespontos se
    nem uma alinhavada em minhas
    roupas tu me dás?

    silvioafonso



    .

    ResponderExcluir
  46. Perguntaram-me, quando volto. Vou responder aqui, assim que Deus rolar os dados nas mãos...

    Beijos,

    Suzana/LILY

    ResponderExcluir
  47. Su, que surpresa boa, essa sua visita no Faces, já tava com a saudade arrastando.
    Espero que vc esteja na paz e vou ficar aqui na torcida pra que Deus coloque esses dados pra rolar logo.
    Bjocas, te gosto!

    ResponderExcluir
  48. Pode sim, claro!

    Mas por favor, direitos autorauis (Augusto Barros) e também o link do meu blog!

    Obrigado pelos comentarios!

    Beijos

    ResponderExcluir
  49. Oie!
    adorei seu espaço... estou te seguindo, ok?
    Beijoos ;)

    ResponderExcluir

A caixa para comentários está novamente aberta. Contudo, agora, "os comentários passam por um sistema de moderação. Não serão aprovados os comentários:
- não relacionados ao tema do post;
- com pedidos de parceria;
- com propagandas (spam);
- com link para divulgar seu blog;
- com palavrões ou ofensas a pessoas e marcas;"
- com luzinhas e pequenos corações saltitantes porque pesam a página.