Ilustração por

Sobre contos e pespontos

Entre um conto e outro, alguns pespontos. Preciso dos pespontos para manter o principal equilibrado e firme. Preciso todo o tempo... Aprendi a pespontar quando a minha mãe me ensinou a fazer flores. Não, não se aprende a pespontar quando se faz flores. Essas apenas me lembram a minha mãe que me ensinou a pespontar os arranjos que a vida nos dá.



quinta-feira, 5 de maio de 2011

E A RESPOSTA É...

fotografia, por SCG
                                                                            

Sim, fui obrigada a tornar meu outro Blog, O MEDO DE SUZANA, privado. Mas, ainda não recusei ninguém (o Blogger.com permite apenas 100 leitores), pois ele se tornou privado apenas para ser não-público a quem não quer aparecer de forma alguma. Respeito essa posição, se mostra quem quer, mas me vi no direito de esperar o pedido de convite ou mesmo o aceite ou a recusa ao meu convite. Sim, já convidei pessoas que não quiseram me ler, declinaram do convite. E, outro dia, removi uns dois.

Sim, machuquei alguns dedos no jiu jitsu e uma semana depois sofri um acidente doméstico. Sim, eu sei, acidentes acontecem, bem e mal querer também.

Sim, passei um ano surtando. Avisei meu afastamento dos Blogs em várias ocasiões, e, uma única vez foi por motivo de saúde. As outras vezes? Falta de preparo para lidar com situações conflituosas. Simples. Acumulei idade, cicatrizes e fantasmas nas caixinhas que eram para ser de música com bailarina, e não aprendo o saracoteado. Cadê a bailarina? Vira sapateado. Fica a música, a música que a gente, pelo menos, eu, eu continuo a ouvir, insistentemente.

Sim, sou temperamental. Sim, eu perco o tino. Sim, eu sei, há pessoas que me adoram e outras tantas que me odeiam, mas estou aqui por causa das que me amam. O tempo de me preocupar com os pensamentos e desejos alheios já se foi, perdido, perdido, mais perdido que um mosquitinho de brilhante nas areias da praia.

Não, eu não pretendo parar de escrever. Sim, continuo treinando e lutando jiu jitsu.

Não, eu ainda não viajei.

Sim, eu visito três ou quatro amigos blogueiros por dia, pois ainda não estou em férias, de fato, mas passo dias sem vir aqui, às vezes, e dias sem vê-los também. A partir de setembro, pretendo manter uma certa rotina (não sou boa nesse quesito).

Sim, eu consegui acabar com 2/3 daquela lista enorme que estava pregada na porta da geladeira.

Sim, avisei que ia diminuir as publicações e visitas, mas que não me ausentaria até à época da minha viagem. Porém, um problema na família desorientou-me e eu fechei as portas dos Blogs de forma repentina.

Não, eu não surtei.

Sim, eu me afastei por questões não-emocionais.

Sim, estou aqui para dizer que me dói ler que você sente falta dos meus escritos, das minhas risadas, do meu choro, dos meus passeios e comentários. E eu queria prometer um roseiral de textos, cachecóis coloridos para o frio, luvas de plumas, minhas mordidas de formiga cabeçuda da cabeça vermelha, hum... mordidas finas picadas... Eu queria escrever sobre os meninos que passeiam na orla da costa californiana, tatuados, em esqueites, soltos, ao vento, suados, olhares mornos... ou sobre certos homens dirigindo certos carros enormes que cruzam as esquinas e nos deixam sem viseiras, à beira... hum... isso me lembrou a Lua do Lobo Mau, sim, ela mesma, quem a conhece, sabe.

Eu também ouvi dizer que... e isso me dá um conto ou três.

Sim, estou viva, inteira e feliz apesar de.


                                          SMACK aos amados,


                                          "I`m sorry" aos demais.

                                                    
                                                                 por Suzana Guimarães/LILY


Nota: mesma publicação, na mesma data, em O Medo De Suzana.

28 comentários:

  1. Oi amadinha! Me convida para o Medo de Suzana, pois adoro te ler...e saber um pouco mais de você!!
    Eu estava um pouco ausente, mas já estou de volta!!!
    Um beijo grande da Lis!!! (:

    ResponderExcluir
  2. Su querida,
    Vc é uma daquelas pessoas deliciosas que sacodem a gente como num golpe de luta e depois afagam as mãos, assim te leio, assim é tua caneta, vibrante e honesta.
    Sofremos a falta de unanimidade, até aí td bem, pois a diversidade é grande, mas respeito não pode faltar e pra essa gente chata existe um bom remédio, o foda-se!
    Vc é extremamente talentosa e quero poder te ler por mt tempo.
    Bjocas e fds super bacana
    P.S. Adorei a lua do lobo mau. Conheço bem! rsrs

    ResponderExcluir
  3. E como você é modesta, acha até que está se valendo do seu jeito de ser! Aguerrida, sincera, amável e afável para nós todos que gostamos de te ler.
    A expressão é um verdadeiro contos não de fadas, mais sim de Suzana.
    Abraço

    ResponderExcluir
  4. eu faço parte dos que tem saudade viu!
    e sei como é surtar ou não surtar sem motivo aparente…
    todos o dias que vejo tuas atualizações, venho correndo por aqui!

    beijo!

    ResponderExcluir
  5. Eu de novo, espero que goste!
    Oferecemos ao Blog Contos da Lily o selo de nossa criação Aplausos, caso queira exibi-lo é só pegar lá no Blog do Lu Cidreira ou neste link: https://picasaweb.google.com/lh/photo/joQ5Kb7XlhUkj3wEn6gVWGOKE2clxdEaPRduoCgLaEY?feat=directlink
    este blog merece nossos aplausos pelo seus contos e encantos.
    Abraço

    ResponderExcluir
  6. ...sim você pode sumir ou aparecer
    quando quiser,
    porque já deixou sua marca ímpar
    nas paredes insanas desta blogoloucura,
    neste ópio que nos consome...rsrs,
    e portanto já conquistou seu lugar
    nos corações de todos os pacientes
    deste hospício...rsrs

    adoro você, moça de sorriso aberto!

    ResponderExcluir
  7. Que bom te ler e sentir, querida Lily!

    Saiba que para mim você faz extrema falta e eu sempre fico torcendo para que esteja bem... e volte, porque precisamos de você!

    Um beijo carinhoso e fique bem, conte comigo!

    ResponderExcluir
  8. Menina Lily, vc é fantástica!!!!!!!!!!!!!
    Perdão, mas seu escrito trouxe-me risos... pois mesmo num "desabafo" vc o tornou poético e belo...lindo exemplo de que somos humanos e temos nossos momentos... AMEI!!!! bjssss

    ResponderExcluir
  9. Lily... nõ tenho muito tempo por aqui mais,
    lembro-me da primeira vez do nosso encontro,
    já sabe né, viciei mesmo,Dificil o dia que não
    te visito, não consigo rsrsrsrs.
    gosto da tua intensidade e meiguiçe colocadas
    todas em um liquidificador, fica uma Delicia Moça...

    ah! se continuar assim, mesmo que poucO mais
    se sempre ^ficar dando notícias, saberemos que
    estas bem...basta, apenas seja linda assim....

    "é só não desanimar, td dará certo"

    (nate)

    ResponderExcluir
  10. Eu lembro que já cheguei num momento seu meio ausente daqui, o que é lamentável, porque sao raros os blogs bem escritos, até porque agora é moda fazer um blog apenas de citacoes com licencas poéticas. Nada contra, tem uns até bonitos, mas se eu quisesse ler citacoes tem uma biblioteca do meu lado...
    Com moderacao dê-se o direito de surtar de vez em quando (como todas nós fazemos), mas nao deixe nunca de usar sua verborragia, ao que sempre me pareceu muito visceral, e como eu nao sei escrever desse jeito, adoro quem sabe.

    Um grande beijo e muitos abraços das suas filhotas em você!! A propósito, que lindo seu comentário em relação à elas...

    Obrigada por me "seguir" no gadget, foi muito expressivo da sua parte.

    ResponderExcluir
  11. Sim Lily estou aqui pra te dizer que conhecer voce nesses ultimos dias foi muito bacana.
    Sempre gostei de ler e se a leitura for assim poética , simples , com o coração na mão ,me encanta e nao desgrudo rs
    Não será agora que te achei que me deixarás rsrs
    claro que todo poeta é um pouquinho temperamental, ma nada que me convença a sair da sua vida rsrsrs
    vou ficar no pé...
    E te epero calmamente,deixando abraços e beijinhos

    ResponderExcluir
  12. Como meu corpo sussura na escuridão
    E o vento lambem as altas folhas
    Que a essa hora são sombras...

    Como meu coração pulsa
    Quando o silêncio se manifesta
    E como meu olhar atravessa os céus
    para encontrar estrelas e um rastro de lua

    Eu, em meio ao susto que as vezes tu me causas
    Risco meu riso sem graça, feito refrão
    Que se repete e repete até cansar

    Eu lembro do olhar que eu não conheço
    dos movimentos dos quais nada sei!
    Busco no chão os contornos que o sol reflete
    fazendo sombra nas calçadas que piso...

    E fico aqui em meio a um aceno
    que não sai das mãos, então não te alcança
    Ilusão! Gritaram uns tantos
    Realidade! Dirão outros...
    E como de costume vou dar de ombros
    E continuar a olhar o reflexo no chão!

    ResponderExcluir
  13. Su,

    Simples e direta:

    Você é uma das pessoas mais especiais que eu pude conhecer aqui.
    Uma pessoa que definitivamente passou a ser necessária na minha vida.
    Uma pessoa temperamental (como vc disse), mas que é a pessoa mais doce, mais humana, entregue aos problemas dos amigos que eu conheço.
    Obrigada pela troca de risos, sufocos, conselhos, preces e Fé!



    " Amigo é o que fica depois da ressaca. É glicose na veia. A serenidade."

    - Fabricio Carpinejar

    Um beijooooooo, saudade sempre!

    ResponderExcluir
  14. Lily,gostei muito da sua visita e damaneira carinhosa que recebeu minhas palavras.Quanto ao seu tempo...Assim é a vida.Ciclos inteiros que precisam ser vividos e forma plena,mesmo que nem sempre as voltas da vida sejam confortáveis.Mas acredito na força do ser humano.Nossa humanidade é mais forte do que sequer imaginamos.Portanto ,tranquilize teu coração.A vida ensina e a gente acaba aprendendo.
    Beijo no seu coração.

    ResponderExcluir
  15. E eu sou um dos que sente saudades
    e dos que te adoram, visse?

    Um Beijo!!

    ResponderExcluir
  16. ...Lily querida,


    "Uma garotinha, perguntada
    onde era sua casa, respondeu:
    (onde minha mãe está).

    Keith L. Brooks

    Parabéns à todas as mamães
    já realizadas, e também
    àquelas que um dia serão!

    Muahhhhh

    ResponderExcluir
  17. Obrigada a todos pela compreensão e pelo carinho.

    VIVIAN,

    Concordo com a menina, a minha casa também é onde a minha mãe está. E tenho outra, aquela onde meus filhos estão.
    Obrigada por tão linda mensagem!

    Parabéns a você, MÃE, que aqui passa, parabéns pelos corações ou pelo único ou pelo que já se foi... que você colocou no mundo!

    Beijos e minhas saudades,

    Suzana/LILY

    ResponderExcluir
  18. então..

    eu sei que vc não está por aqui, mas venho aqui assim mesmo, por conta da saudade..

    setembro ainda está longe ..


    bjs meus,
    Ester (Cansei do Uni versos, ando por aqui agora..rs)

    ResponderExcluir
  19. Su, vim passar rapidinho pra um beijo e carinho nesse (todo) dia das m"aes.

    Saudades das minahs andanças por aqui.
    Meu carinho
    Samara Bassi

    ResponderExcluir
  20. Lily

    Ainda não te comheço bem mas...gostei da tua frontalidade e abertura nas tuas resposta e, peço-te não esperes Setembro para voltar ao convívio dos amigos! Como diz o Abrunhosa( um cantor português) amanhã, é tarde demais!
    Beijo e boa semana.
    Graça

    ResponderExcluir
  21. Tempo é precioso e necessário, tanto os extrema de vivacidade e produção quanto os de pausa e recolhimento. Também sou daqueles que sentirão saudades, mas entendo o quanto, às vezes, precisamos dar uma pausa, mesmo que longa, a certas coisas para voltarmos a fazê-las com o mesmo prazer e alegria de sempre.

    Aguardarei as sua palavras para setembro, ou outubro, isso não importa...

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  22. Suzana...
    a saudade é uma constante nesse universo.
    Tem gente que vai e não volta...
    E sim, eu adoro ler sobre seus fantasmas, anseios e sonhos, assim como adoro seus comentários no meu blog. Mas entendo que cada um tem seu tempo...eu andei como você no inicio desse ano, tenho postado cada vez menos e visitado os outros blogs menos ainda...é uma fase. Passa...
    Pretensiosamente: SMACK para você também.

    ResponderExcluir
  23. Estimado LU CIDREIRA,

    Obrigada pela homenagem.

    CONTOS DE LILY existe por causa dos aplausos daqueles que me admiram e que têm apreço pela minha escrita. Uma honra, para mim, o teu presente, a tua homenagem.

    Desculpe-me pelo atraso, desculpe-me pelas faltas, pelas ausências, aceite o meu carinho e a minha sinceridade ao dizer que muito aprendo em teu Blog, em teu espaço sempre informativo e muitas vezes um auxílio vindo em bom momento.

    Um abraço,

    Suzana/LILY

    P.S.: o selo APLAUSOS está postado no meu cantinho dos presentes, logo abaixo do "Canteiro de flores e pespontos da Lily."

    ResponderExcluir
  24. Moça do meu jardim, amo tuas visitas, eu rego sempre, que é pra que voltes perfumada e florida.

    Beijocas, querida minha.

    ResponderExcluir
  25. Lily; Cada um de n+os tem o direito a sua privacidade se o teu blog o medo de Suzana, é só para convidados ninguém tem nada a ver com isso. ainda hoje ou amanha vou publicar no meu blog silenciodosmeussonhos, um soneto para ti.
    Beijos e muitas felicidades na tua vida.
    Santa Cruz

    ResponderExcluir
  26. A BORBOLETINHA e a FLOR

    Você me esqueceu, gritou a borboletinha para a flor.
    Não esqueci não, respondeu a flor com amor.
    Apenas fechei as pétalas para descansar.
    Mas a “porta” emperrou no momento que a brisa passou,
    E eu não pude te abraçar.
    Voei por lugares tão lindos, mas senti tua falta,
    Minhas asas queriam rumar noutra direção,
    Mas meu coração tinha outro desejo.
    Das tuas pétalas o gosto de um beijo.
    Eu borboleta com uma grande vontade,
    Voejar por sobre as nuvens com liberdade,
    E na vontade, sonhar com o gosto de mel do teu céu.

    Preciso dizer mais?
    Então fica com a minha saudade.

    Beijinho lindona do meu coração.
    Fernanda

    ResponderExcluir
  27. Tivemos um afastamento conjunto então, e espero que já esteja tudo bem com vc, e esepro tb o retorno a rotina em Setembro como um presente de aniversário pra mim, rs. Bjo enorme.

    ResponderExcluir

A caixa para comentários está novamente aberta. Contudo, agora, "os comentários passam por um sistema de moderação. Não serão aprovados os comentários:
- não relacionados ao tema do post;
- com pedidos de parceria;
- com propagandas (spam);
- com link para divulgar seu blog;
- com palavrões ou ofensas a pessoas e marcas;"
- com luzinhas e pequenos corações saltitantes porque pesam a página.