Ilustração por

Sobre contos e pespontos

Entre um conto e outro, alguns pespontos. Preciso dos pespontos para manter o principal equilibrado e firme. Preciso todo o tempo... Aprendi a pespontar quando a minha mãe me ensinou a fazer flores. Não, não se aprende a pespontar quando se faz flores. Essas apenas me lembram a minha mãe que me ensinou a pespontar os arranjos que a vida nos dá.



terça-feira, 31 de maio de 2011

NO DESDOBRAMENTO DA ALMA

(fotografia, por SCG)


Helcio Maia pediu-me um texto em homenagem à quadringentésima postagem no Blog de sua autoria 'Palavra Fátua'. Escrevi  'No desdobramento da alma', CLICA AQUI para você conhecer o Helcio e ler o texto.