Ilustração por

Sobre contos e pespontos

Entre um conto e outro, alguns pespontos. Preciso dos pespontos para manter o principal equilibrado e firme. Preciso todo o tempo... Aprendi a pespontar quando a minha mãe me ensinou a fazer flores. Não, não se aprende a pespontar quando se faz flores. Essas apenas me lembram a minha mãe que me ensinou a pespontar os arranjos que a vida nos dá.



sexta-feira, 2 de julho de 2010

CROCHÊ

                           Suzana C. Guimarães


Fico aqui tentando soltar os pontos do meu crochê.
Foram pontos que dei sem ver,
Pensando em você
Numa tarde qualquer, do dia que se quer.
Dei os nós
Apertados de você.
Fiz vodu em crochê.
Peguei linha, cor e você.
Agora tento soltar os pontos do meu crochê.
Mas não posso,
Não despacho você.